Rio Branco, Acre, 3 de dezembro de 2020

Nota Editorial sobre o caso do ‘furto de água’

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O jornal Juruá Em Tempo respeita o direito de resposta, garante o espaço solicitado pelo Senador Gladson Cameli, porém reafirma o teor da matéria veiculada anteriormente no que se refere a retirada de água de poço artesiano de propriedade da Secretaria de Estado de Saúde, bem como do consumo de energia elétrica que alimenta o poço em questão. Mormente a propriedade do imóvel em construção, é de conhecimento público que o referido endereço serve de hospedagem para o parlamentar quando esse visita a cidade de Cruzeiro do Sul. Operários envolvidos na obra referem-se a mesma como sendo de Gladson Cameli.

O Juruá Em Tempo mais uma vez lembra aos seus leitores da exigência de que toda obra, seja de construção ou reforma, traga em local visível a placa do CREA bem como o Álvara de Construção e/ou reforma expedido pela prefeitura. No que compete ao Álvara Municipal, esta exigência vem sendo cobrada pelos fiscais da prefeitura rigorosamente mesmo em se tratando de casas populares, cidadãos de baixa renda e mesmo quando fora da área urbana do município. O caso revela, mais uma vez, que a prefeitura age de maneira seletiva ao cobrar a exigência de alguns cidadãos enquanto em relação a outros, demonstra excessiva frouxidão.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.