Rio Branco, Acre, 1 de dezembro de 2020

Gleici é recebida com festa surpresa no Acre, e ganhadora do BBB 18 deve ser recebida pelo governador Tião Viana

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A campeão do BBB 18, Gleici, está de volta ao seu estado de origem, Acre, depois de três meses longe de casa. Regressando milionária, após vencer o reality global e ganhar R$ 1,5 milhão, a acreana reencarnou Clara, personagem de Bianca Bin na novela O Outro Lado do Paraíso, e brincou: “Você não sabe o prazer que é estar de volta”.

D

entro do jogo, a acreana viralizou nas redes sociais ao gritar a mesma frase quando voltou para o confinamento após eliminação no paredão fake.

Na foto publicada por ela no Instagram, antes de embarcar para o Rio Branco, a estudante de psicologia, que assumiu namoro com o paranaense Wagner, vestia uma blusa com a frase da trama escrita por Walcyr Carrasco.

A peça usada por Gleici é única, feita pela marca Dimona, exclusivamente para a campeão do Big Brother Brasil.

Nos comentários, os fãs da ex-sister não economizaram nos elogios.

“Linda”, disse. “Maravilhosa”, afirmou outro. “Lindaaaaaaa!!!! Vc não sabe o prazer que foi torcer , votar e ver vc vencer , sambando na cara dos imbustes kkkkkkkkk!!! Parabéns fada lindaaaaaaa! Ah , trate de agarrar o Wagner , quero muito vê-los juntos”, escreveu uma terceira.

Família teme por segurança de Gleici no bairro em que vive

Nova milionária do pedaço, Gleici Damasceno poderá ter de se mudar de onde vive. Isso porque a família da jovem, de 22 anos, teme pela segurança da campeã do “Big Brother Brasil 18”, da TV Globo, pelo fato de morar em um bairro de periferia no Acre.

De acordo com o jornal “Agora S. Paulo”, a vencedora do reality deve passar seus primeiros dias fora do confinamento em um hotel, com direito a segurança disponibilizada pela emissora carioca.

Após esse período, a morena decidirá se retorna ou não à sua casa.

Vale lembrar que Gleici, na próxima semana, será recebida pelo governador do Acre e pelo prefeito de Rio Branco – capital do estado.

Com recepção emocionante, Gleici faz retorno triunfal ao Acre

Vencedora da última edição do Big Brother Brasil, Gleici está de volta ao Acre, onde vive com a família. Ela se emocionou com a recepção calorosa que recebeu na saída do aeroporto de Rio Branco.

A nova milionária chegou acompanhada no namorado, Wagner, que conhecer durante o programa. O voo de Gleici, que desceu da aeronave enrolada na bandeira do estado, aterrissou por volta de 22h30 (0h30 de domingo, no horário de Brasília).

Gleici volta ao bairro onde viveu no AC e discursa em trio-elétrico

Ebaixo de um sol forte, a campeã do Big Brother Brasil 18, Gleici Damasceno, voltou ao bairro onde morava na periferia de Rio Branco e foi recebida por uma multidão, neste domingo (22).
Antes de seguir para a festa montada na praça Plácido de Castro, ela foi até a casa em que vivia com a família.
“Não sabia a dimensão disso aqui. Parece que estou sonhando. Não sei explicar o que é porque nunca vivi isso. Estou nervosa, até tremendo”, contou Gleici.
Emocionada, ela disse que respeita muito o carinho do público. “Estamos lidando com sentimentos e as pessoas estão gritando que me amam. Isso é muito gratificante, tenho que ter muito cuidado com o sentimento e carinho das pessoas”, disse.
Após quase 90 dias confinada, Gleici venceu o reality com 57,28% dos votos. Ela chegou ao Acre na noite deste sábado (21) com o namorado Wagner Santiago, com quem iniciou o relacionamento dentro da casa do BBB.
A acreana disputava o prêmio com o sírio Kaysar e a família Lima (Ana Clara e Ayrton). Por causa do fuso horário (atrasado em duas horas em relação a Brasília), a programação da emissora chegou a ser alterada, para que o programa fosse exibido ao vivo no estado.
Gleici vem de uma família humilde que vive na periferia da capital. Ela tem dois irmãos, 15 tias e 50 primos, e é a única deles a ter concluído o ensino médio e a fazer curso superior. Ela também é militante dos direitos humanos e da juventude negra.
A costureira Miriam Miranda, de 41 anos, é vizinha da Gleici e estava ansiosa para vê-la. Ela conta que costumava a consertar roupas da sister.
“Ajeitava roupas para ela, a mãe dela, a irmã. Acho que ela mereceu. Ela é daquele jeito mesmo. Estou feliz por ela”, acrescentou.
Wagner Santiago era só alegria também ao lado da acreana. Ele falou do carinho recebido no estado.
“Experiência incrível, recepção caloríssima. Não imaginava que era tudo isso, mas a Gleici merece”, comentou.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.