Presídio de Cruzeiro do Sul não separa presos idosos e doentes dos demais

A recomendação do Ministério Público ao Iapen é clara. Os presos idosos e doentes precisam ser separados dos demais para evitar o possível contágio ou transmissão do novo coronavírus.

Porém, no Complexo Penitenciário Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, apenas algumas recomendações são levadas em consideração.

Segundo o diretor Aslan Barbosa, os detentos que fazem parte da classificação de risco não estão separados por que não há casos suspeito. “Já temos um local reservado caso aconteça. Inclusive, já respondemos oficio ao judiciário com essas informações”.

Barbosa destaca que os presos que chegam à unidade ficam isolados sete dias e se apresentarem algum sintoma de coronavírus, ficam mais sete e são avaliados pela equipe de saúde até serem levados ao bloco que ficarão.