Ilderlei Cordeiro finaliza construção de 22 trapiches em três bairros de Cruzeiro do Sul

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, acompanhado do coordenador da Fundação Cultural e de Comunicação Valença, João de Pintor, realizou a entrega das passarelas de acesso em áreas alagadiças do bairro Floresta, na manhã desta terça-feira (30). São 85 famílias beneficiadas.

O local era insalubre, em dias de chuva, os moradores era impedidos de entrar e sair de suas casas. As rampas fazem as conexões entre as residências e um acesso principal e são fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Cruzeiro do Sul e a Fundação Cultural e de Comunicação Valença. “Mais de 350 pessoas estão sendo atendidas aqui neste bairro e tendo seu direito de ir e vir garantido. Esta construção permite acesso às escolas, equipamentos de saúde e dão outras mobilidades à população”, detalhou João de Pintor.

A moradora Maria Elizete, disse que a comunidade já havia perdido as esperanças de ver melhorias no local e agradeceu ao prefeito Ilderlei Cordeiro por atender os anseios dos moradores. “Quando chovia era preciso levar o sapato na mão ou sair com sacola nos pés, as crianças chegavam suja na escola, hoje meus filhos podem ir e voltar da escola limpos. Fazia muitos anos que nós pedíamos por isso e nunca fomos ouvidos, nós nem achávamos que essa obra seria feita e hoje estamos aqui”, declarou.

O secretário de Educação, Amarísio Saraiva, disse que a comunidade escolar é uma das mais beneficiadas com a obra, já que agora as crianças terão acesso digno até a escola. “Em dia de chuva eles não conseguiam chegar, esses trapiches são a estrada deles e diminuem a evasão escolar, agora os alunos conseguem ir para a aula independente do tempo. Esse sempre foi o nosso desafio”, comemorou o secretário.

Além da comunidade no bairro Floresta, o programa Evasão Zero já atendeu outras famílias que residem nos bairros Formoso e Aeroporto Velho. Somados, são quase 3km de rampas beneficiando aproximadamente 150 famílias. De acordo com o prefeito Ilderlei Cordeiro, os levantamentos feitos pelas secretarias de Educação e Saúde mostram que têm pelo menos mais 20 locais que precisam deste tipo de intervenção e receberão.

“Nosso desejo era fazer uma estrada para esta população, mas aqui não é possível, então tentamos dar este acesso para que as famílias possam sair de casa, ir à igreja, visitar parentes, as crianças poderem ir à escola. É um pouco de dignidade que estas pessoas receberam, é uma satisfação ver o sorriso destas famílias”, comemorou o prefeito.