Rio Branco, Acre, 27 de setembro de 2020

General Heleno se retrata por informações infundadas sobre desmatamento no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O general Augusto Heleno, ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), se retratou nesta quinta-feira (20), ao lado do senador Marcio Bittar (MDB) e da deputada federal Jessica Sales (MDB), por ter erroneamente atribuído ao estado os problemas das queimadas na Amazônia.

“Cometi um ato falho e atribuí ao Acre uma informação que não é verdadeira”, disse o general em vídeo gravado nesta quinta ao lado dos parlamentares emedebistas.

No dia 20 de julho, ao afirmar não haver devastação ambiental na Amazônia, Heleno disse que os problemas estariam localizados no leste do Pará e no Acre.

Mas o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), órgão do governo federal, aponta que no primeiro trimestre de 2020, os estados que mais desmataram foram Mato Grosso (267 km² de área desflorestada), Pará (257 km²) e Amazonas (106 km²). O Acre, citado pelo ministro, é apenas o sexto estado com maiores registros de desmatamento no período, com perda de apenas 12 km² de florestas entre janeiro e março.

“Já me redimi com o senador Marcio e a deputada Jessica e fiz questão de convidá-los aqui exatamente para resgatar isso e dividir com eles o que tenho presenciado no governo Bolsonaro. Ele [o presidente] tem uma obsessão pela Amazônia. Ele sabe que a Amazônia é o futuro do Brasil. E o Acre, obviamente, vai fazer parte desse futuro com uma relevância muito grande”, afirmou o ministro.

Ele citou a proximidade do Acre com o Peru, por dar ao Brasil acesso à costa do Pacífico, a BR-319, que liga Manaus ao Sul do Amazonas – e que segundo ele beneficiará o Acre –, a ponte sobre o Rio Madeira e também a interligação do estado ao Peru, a partir de Cruzeiro do Sul até Pucallpa, pela BR-364.

“Tenho certeza que nós vamos vibrar juntos quando percebermos o que aconteceu com a Amazônia ao longo do governo Bolsonaro”, disse o general.

Bittar elogiou a postura do ministro em relação à Amazônia e agradeceu seu empenho no que diz respeito às demandas do Acre.

“O general Augusto Heleno é um amigo dos acreanos que tem ajudado muito para que esse sonho de integração com o Peru se transforme em realidade”, concluiu o senador.

Fonte: Ac24horas.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.