Rio Branco, Acre, 24 de setembro de 2020

Jovem que matou o padrasto para defender a mãe é absolvido pelo Tribunal do Júri

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Júlio César Costa da Silva foi absolvido pelo assassinato do próprio padrasto. A decisão foi do Conselho de Sentença da 2ª Vara do Tribunal do Júri, que por maioria dos votos acatou a tese de legitima defesa.

O julgamento do acusado, realizado na 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar, terminou por volta das 13 horas desta quarta-feira (9).

O crime aconteceu quando a família comemorava o Dia das Mães/Foto: Reprodução

Júlio César sentou no banco dos réus para responder pela morte de seu padrasto, Raimundo Nonato de Oliveira.

SAIBA MAIS: Após ver a mãe sendo agredida, enteado mata padrasto a ripadas e ela o entrega a polícia.

O crime ocorreu em 10 de maio deste ano, na Rua Brasileia, Bairro Waldemar Maciel, região do Calafate.

Consta na denúncia que a família comemorava o Dia das Mães, quando a vitima começou a agredir a sua esposa, mãe do acusado.

Neste momento, Julio César armou-se com uma ripa e desferiu vários golpes no padrasto. Raimundo Nonato de Oliveira morreu no local. Na época do crime, Julio César Costa foi preso em flagrante.

Fonte:ContilNet.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.