Rio Branco, Acre, 27 de outubro de 2020

Amazonas volta a fechar bares e praias de Manaus por 30 dias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Governo do Amazonas voltou a decretar o fechamento de bares e balneários em Manaus, que haviam sido autorizados a reabrir em julho. A medida foi anunciada nesta quinta-feira (24) e valerá por 30 dias a partir desta sexta (25).

As novas restrições, que ainda serão publicadas, proíbem o funcionamento de:

  • bares
  • balneários
  • casas de show
  • flutuantes (estabelecimentos que funcionam às margens do rio)

Também fica proibida a permanência nas praias de Manaus. Restaurantes e lojas de conveniência podem continuar a operar até as 22h.

Em caso de descumprimento das determinações, o decreto estabelece advertência, multa diária de até R$ 50 mil – por cada reincidência – para pessoas jurídicas, embargo ou interdição de estabelecimentos.

Coronavírus no Estado

Segundo a Vigilância Epidemiológica do estado, o Amazonas registrou tendência de aumento de casos de Covid-19 nas últimas semanas devido, principalmente, a aglomerações.

Em média, o Amazonas confirmou 9 novas mortes por dia na última semana – uma alta de 39% em duas semanas. Em 9 de setembro, a média era de 7 novas mortes confirmadas por dia. (veja gráfico abaixo)

“Estamos tomando hoje medidas restritivas e fechamento de estabelecimentos para priorizar o que é importante. Não vou deixar balada aberta e escola fechada”, disse Wilson Lima.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.