Deputado faz testes e suspeita que medidores da Energisa consomem mais que da Eletrobras

O deputado estadual Roberto Duarte Junior (MDB) afirmou durante as oitivas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que chegou a realizar um teste entre medidores da antiga empresa que era responsável pelo fornecimento de energia no Acre, a Eletrobras, e da empresa Energisa, que comprou a Eletrobras.

Segundo o deputado, diante das inúmeras reclamações de consumidores de que suas contas aumentaram após a troca dos medidores, ele resolveu reunir sua equipe e fazer testes em alguns medidores da Eletrobras e em outros da Energisa para comparar o consumo.

“Não tivemos reclamações dos relógios antigos da Eletrobras. Fizemos uns testes. Fizemos medições em uma residência com relógio da Eletrobras e em outra da Energisa. Fizemos a contabilidade e percebemos que no medidor da Energisa as piscadas de led foram mais aceleradas, o que representa um consumo maior”, conta.