Estudo mostra que 80% da proliferação do mosquito da dengue é por falta de cuidado da população

Mosquito sucking blood on human skin with nature background

Com o período de chuvas, o número de casos de dengue aumenta. Isto porque, o mosquito se prolifera mais facilmente em depósitos de água parada.

Em Cruzeiro do Sul, segundo a Secretaria de Saúde, 80% da proliferação do mosquito aedes aegypti é por falta de cuidado da própria população. Após levantamento, a Saúde verificou que a maior infestação do mosquito ocorre em depósitos que estão no interior das residências.

“Chegamos ao consenso que nós temos a maior quantidade de mosquitos nos depósitos A2. São depósitos como caixa d’água, tambor e tanques”, disse o coordenador de Vigilância Epidemiológica, Nicolau Abdala.

De acordo com Abdala, os bairros mais afetados são os bairros da Várzea, Telégrafo, Remanso e Cobal.

“A nossa recomendação é que não entre em alarde, não fiquem com medo. Estamos fazendo o possível e impossível para cuidar dessa população, mas precisamos que todos se unam para que não deixem o mosquito nascer”, disse, ao destacar que o Município não tem estoque de inseticida que combate o mosquito adulto.